Fale com a ABPM (11) 98313-2324

ABPM ONLINE – Boletim Informativo ABPM 714

Nº 714 - ABRIL DE 2021

XVII EBRAMEM

Fórum nacional de discussões para as ciências aplicadas à madeira aconteceu entre os dias 8 e 11 de março

Considerado o mais importante fórum nacional de discussões, atualizações e divulgação de informações técnico-científicas voltadas para as ciências aplicadas à madeira, o Ebramem XVII (Encontro Brasileiro em Madeiras e em Estruturas de Madeira) aconteceu entre os dias 8 a 11 de março de 2021, de forma online, e continuou a discutir e apresentar os grandes temas para o setor.

Já reconhecido mundialmente, o evento proporciona a congregação de pesquisadores, professores, estudantes de pós-graduação e de graduação, profissionais do setor construtivo e empresários, revelando-se um veículo de aproximação entre pesquisadores, setor produtivo e setor construtivo. Devido à pandemia, o Ebramem 2021 foi realizado de forma remota, para priorizar a saúde de seus participantes.

O XVII EBRAMEM VIRTUAL contou com a mesma estrutura de programação, com palestras on-line (com interação síncrona) de cientistas e de profissionais renomados nacional e internacionalmente, sessões técnicas seguidas de discussão on-line e com exposições de pôsteres. Também houve um espaço virtual para empresas do setor da madeira apresentarem seus produtos e serviços, proporcionando as conexões de negócios.

Um dos destaques do cronograma do EBRAMEM foi a mesa redonda ‘A Indústria Florestal do Futuro: estratégias para fortalecimento da cadeia produtiva da madeira na construção brasileira’. O workshop contou com as presenças de Odelir Battistella (Fiesc), de Alex Wellington Dos Santos (Associação Catarinense De Empresas Florestais), de Guilherme Corrêa Stamato (Stamade), do arquiteto Marcelo Aflalo (Núcleo de Madeira) e da professora Ângela Do Valle (Ibramem).

“Tenho estreita relação com o Ibramem e, desde 2014, venho colaborando com eles. Nesta última edição, dividi várias funções e coordenei a premiação do Ibramem, dado ao setor de arquitetura e madeira. Na mesa redonda, contamos com a participação de instituições ligadas à produção madeireira nos estados de Santa Catarina e Paraná, que são grandes produtores de pinus. Já eu fiz o contraponto com a produção de eucalipto, e debatemos diversos temas de interesse, como investimentos em pesquisa, para que o mercado se desenvolva em várias frentes”, afirmou Marcelo Aflalo.

A professora doutora do departamento de engenharia civil, Ângela Do Valle, da Ufsc (Universidade Federal de Santa Catarina), acredita que a 17ª edição do EBRAMEM só comprovou a importância de ser o principal evento nacional que reúne os principais estudiosos do setor florestal e da construção civil, mesmo sem o ‘olho no olho’, devido às restrições impostas pela pandemia.

“Neste ano, tivemos cinco palestras nacionais e internacionais, com palestrantes do Chile, Brasil, Itália etc, e contamos com 240 trabalhos apresentados, com cerca de 196 inscritos. Mesmo com a impossibilidade de realizar o evento de forma presencial, o que nos impediu de ‘esbarrar’ em nossos colegas pelos corredores e ter aquele contato humano, pudemos discutir nos ambientes online para continuar com a tradição de debates sobre temas importantes ao setor”, explica Do Valle.

Foto retirada de: instagram.com/ebramem2020/

Foto retirada de: instagram.com/ebramem2020/

MY WOOD HOME

Congresso debate importância e vantagens da madeira em uma sociedade carente de moradias e materiais sustentáveis

Iniciativa inédita no Brasil, o congresso My Wood Home acontecerá entre os dias 19 e 21 de maio, de forma remota, e abordará diversos temas relevantes ao setor da indústria madeireira e da construção civil. O evento visa fomentar e capacitar profissionais da cadeia produtiva desses segmentos neste promissor e tecnológico sistema, a fim de consolidá-lo no Brasil.

100% online, o My Wood Home apresentará os três sistemas principais de uso da madeira na construção sustentável: o sistema wood frame; madeira de tronco de eucalipto tratado e a madeira engenheirada. Idealizador do projeto, Paulo Cardoso conta que o projeto surgiu após viagens à Argentina, mais especificamente ao Inta (Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuaria).

“Isso tudo começou em 2008, quando visitamos alguns projetos do instituto, a convite do Martín Acosta, um grande amigo e hoje nosso palestrante. Lá, eu conheci uma casa de dois andares, construída com wood frame. Me apaixonei por aquilo, achei o projeto maravilhoso, ainda mais pela praticidade de todo o projeto: a casa foi construída de forma rápida, em pouco mais de duas semanas”, relembra Cardoso.

Uma das principais palestras do evento será ministrada pelo diretor da FG4Mad Consultoria Empresarial, Flavio Geraldo. Com o tema ‘Madeira Tratada – Desafios Diante de Uma Nova Realidade de Mercado’, o especialista abordará importantes pontos, como a crescente popularidade da madeira como matéria-prima para a construção civil e a busca por processos cada vez mais assertivos.

“É um importante momento para o setor de proteção de madeiras, pois o mercado da construção apresenta um nível de exigência maior que o mercado dominante nos dias de hoje, representado pelo segmento rural. Além dos desafios relacionados aos requisitos da qualidade , há um enorme desafio relacionado às soluções de produtos e processos adequados , a serem adotados pelo setor da construção , em especial diante das enormes perspectivas relacionadas ao uso de novas tecnologias construtivas modulares , envolvendo o Wood Frame , CLT e Vigas Laminadas Coladas”, explica Geraldo.

Humberto Tufolo, especialista em preservação e acabamento em madeiras e diretor adjunto da ABPM, também participará do My Wood Home, com o workshop ‘Tratamento e manutenção da madeira’. “Pretendo abordar o potencial do uso da madeira tratada na construção civil até pelas necessidades de desempenho em relação à durabilidade, resistência e condições de uso nos mais variados critérios de sistemas construtivos, assim como mostrar o crescente interesse e a demanda do setor de engenharia para produtos inovadores de baixo impacto ambiental, atendendo à demanda sustentável”, afirma Tufolo.

“A importância do My Wood Home é facilitar a aproximação de tendências da tecnologia para profissionais ligados à construção civil, pela importante demanda por moradias em diferentes classes sociais. Por isso, temos de apresentar soluções para as demandas dos novos consumidores”, analisa Humberto.

Flavio Geraldo concorda. “Eventos com esses são muito importantes , pois diante do seu enorme alcance, proporcionam uma oportunidade única para troca de experiências e disseminação de novos conhecimentos e tecnologias”, completa.

“A ABPM sempre fomentou as iniciativas que visem levantar e disseminar conhecimento técnico sobre o tema madeira tratada, o que indiretamente levará o mercado a exigir a produção e a comercialização de madeira tratada com qualidade e legalidade. Devemos levar em conta também, que o mercado da construção civil tem exigências complexas e que precisam ser conhecidas e entendidas por todos os envolvidos na cadeia produtiva de madeira tratada. Um dos papéis da ABPM é incentivar e colaborar com essa transferência de conhecimento. Afinal, o Brasil tem um reconhecido déficit habitacional e a cadeia produtiva da madeira e da madeira tratada, pode contribuir de maneira significativa para alterar esse atual cenário”, finaliza o presidente da ABPM, Gonzalo Lopez.

CBI MADEIRAS É CAPA NA REVISTA PRODUTOS DE MADEIRA

A empresa associada da ABPM e que possui a certificação Qualitrat, CBI MADEIRAS, foi capa na edição de Março/21 da Revista PRODUTOS DE MADEIRA, veículo especializado da Jota Editora que fala exclusivamente sobre madeira para o mercado da construção e arquitetura.

Mais informações: produtosdemadeira.com.br

VÍDEOS INSTITUCIONAIS

A ABPM vai lançar em Maio dois vídeos institucionais aos associados e a todo mercado da madeira tratada. Os vídeos vão tratar a respeito da importância da associação ao mercado e sobre o valor do Qualitrat para as indústrias. Aguardem em breve!!!

PRÊMIO REFERÊNCIA 2021

Foi lançado no mês passado, o Prêmio Referência 2021. A tradicional premiação do setor da madeira de base florestal realizada pela principal revista do setor (Revista Referência), contempla anualmente 10 empresas que auxiliam o importante segmento brasileiro a avançar com inovações, tecnologias, investimentos, gerações de empregos, de maneira sustentável, economicamente viável e politicamente correto. Nesse ano, a associada da ABPM, Montana Química é uma das patrocinadoras oficiais do evento.

Expediente
Boletim informativo mensal da Associação Brasileira de Preservadores de Madeira (ABPM)

Presidente: Gonzalo Antonio Carballeira Lopez – IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas)
Diretor Vice-Presidente: Elcio Lacerda Lana – Lonza do Brasil Especialidades Químicas Ltda
Diretor Secretário: Jackson Cesar Correa Alves – Madtrat Madeiras Tratadas
Diretor Tesoureiro: Silvio José de Lima – Montana Química S/A

Contato: [email protected] – www.abpm.com.br
Jornalista responsável e redação: Fábio Machado

Av. Professor Almeida Prado, 532 | Prédio 65 – Sala 09 | Cidade Universitária – São Paulo (SP) – CEP: 05508-901